Fundo Global Metodista de Educação para Desenvolvimento de Liderança

Fundo Global Metodista de Educação para Desenvolvimento de Liderança

 

O Fundo Global é um programa criado pela Junta Geral de Educação Superior e Ministério (GBHEM) da Igreja Metodista Unida nos Estados Unidos, para a formação de lideranças metodistas com princípios éticos e cristãos, além de excelência acadêmica. Desta forma, atua por meio da articulação das instituições metodistas em todo mundo. O objetivo do Fundo Global é contribuir com a formação de uma futura geração de líderes metodistas, com qualidade acadêmica de nível elevado, dinamismo, ética, consciência cidadã e guiados pelos princípios da fé cristã e tradição metodista. Esse dialoga intimamente com a educação metodista em nível global, como se refere o assistente especial do secretário geral da GBHEM para o Fundo Global, Ken Yamada: “Estudantes impactados e transformados pela educação metodista podem fazer uma grande diferença no mundo.”

Ken Yamada diz que a ideia do Fundo Global é promover projetos sustentáveis. A organização oferece treinamentos e capacitação em diversas áreas, além de contribuir com os recursos iniciais para implantação, que serão somados aos recursos locais. “É preciso que todos estejam envolvidos na manutenção do projeto: instituição, igreja, comunidade. Assim, as pessoas locais ficam motivadas e o projeto segue em frente”, garante Ken.

As parcerias com as instituições metodistas têm funcionado muito bem, confirma Ken. O acordo de cooperação com o COGEIME – Instituto Metodista de Serviços Educacionais – foi assinado em março de 2009. Desde então, a entidade tem representado a América Latina, como escritório regional do Fundo, que já possui sede na América do Norte e ampliará sua atuação, também, para África, Ásia e Europa.

O secretário executivo do COGEIME, Rev. Luis de Souza Cardoso, que também é coordenador da área de Relações Internacionais da Rede Metodista de Educação e vice-presidente da ALAIME, explica como o programa tem atuado no América Latina. “Já estamos organizando seminários para o desenvolvimento de lideranças no Brasil, Bolívia, Peru, Panamá e Guatemala, e elaborando um projeto de captação de recursos para bolsas de estudos. No Brasil, num projeto-piloto, já temos dois jovens universitários em instituições metodistas beneficiados por bolsas do programa do Fundo Global”.

Luis ressalta, ainda, que é preciso se pensar em formas criativas de fazer esses recursos renderem resultados positivos não apenas para os indivíduos, mas também para a comunidade onde está inserido. “Nosso desafio é sensibilizar as pessoas que foram beneficiárias de bolsas”, conclui.

Loren Portilho
Assessoria de Comunicação
Instituto Metodista Granbery
Rede Metodista de Educação